quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Receitas em doses homeopáticas

Vou contar um segredo: eu não posto todas as minhas receitas de uma única vez. Existem dias em que eu cozinho bastante, mas mesmo assim cada post terá somente uma receita.

Isso acontece basicamente por dois motivos: organização, pra cada receita ter seus próprios marcadores, e por que não quero correr o risco de ficar sem ter o que postar. Principalmente por que a partir de hoje, além de estudante de Computação e estagiária, sou uma candidata-estudante-de-cursinho-para-concurso-público. Ou seja, meu tempo pra cozinhar está indo para o beleléu.

Antes que alguém diga que isso é desculpa esfarrapada, eu explico que minha falta de tempo pra cozinhar significa sair de casa às 7h30min e retornar às 22h45min. Nada a ver com aquelas pessoas que, pra não assumir que não gostam das panelas, dizem que não tem tempo, mas que zapeaiam na TV sem ver nada de útil ou lêem revistas de fofoca no seu dito escasso tempo livre. Todos têm o direito de não gostar de alguma coisa, mas sempre acreditei que é melhor assumir do que tentar um engodo.

Provavelmente nos finais de semana vou tirar a minha desforra e fazer logo umas duas ou três receitas diferentes, mas vou postando-as ao longo da semana. Até por que, na minha opinião, é muito chato ter somente um post por semana, ainda que longo. Prefiro contar detalhes da "historinha" que envolve cada receita, colocar minhas impressões e dedicar o texto integralmente ao prato que eu fiz naquela hora. Por isso, existem receitas até bem antiguinhas, devidamente fotografadas, que vocês verão por aqui nesses dias corridos.

Claro que o blog não é um caderninho de receitas. A proposta dele é trazer uma ligação entre o mundo dos nerds e da culinária, seja com receitas práticas, do tipo corta-mistura-forno-pronto, seja com curiosidades e impressões sobre a vida, o universo e tudo mais. Sempre haverão assuntos interessantes a serem comentados, produtos novos experimentados, getgats culinários pra facilitar a nossa vida (ou só pra nos deixar pensando "como eu queria ter um desses"), e tudo isso é assunto pra um blog intitulado Nerd na Cozinha.

Bom, mas chega de enrolação, que a essas alturas vocês não querem saber se a receita é nova ou antiga, desde que seja boa. E prática, de preferência. Então, selecionei uma que fiz no final de semana, mais uma das tantas receitas melequentas e maravilhosamente rápidas que fazem a alegria do meu pai.


Pra vocês terem noção, essa receita ficou tão boa que não deu tempo de fotografá-la inteira! Quando cheguei na mesa com a câmera em punho, todo mundo já havia se servido e estavam fazendo coro de como tinha ficado gostoso. E olha que eu devo ter demorado uns 15 minutos fazendo o doce. Ainda bem que eu tinha reservado um potinho, o que salvou a minha foto!

Os dias mais quentes (que já foram embora de novo, por sinal) me deixam com uma vontade incrível de fazer sobremesas com gostinho de frutas, com sabor mais leve. Claro que isso soa como desculpa de gordinha, a mesmíssima desculpa esfarrapada do pessoal que come laranja com a feijoada e diz que não engorda, por que a laranja é saudável. Não estou me enganando e nem tentando enganar ninguém: o leite condensado que a mousse pede é aquele poço de calorias já conhecido, o creme de leite também. Por isso, maneire no almoço da semana inteira, caminhe, jogue Nintendo Wii, Dance Dance Revolution (que por sinal tem um ótimo simulador gratuito pra PC e você pode encontrar o tapetinho com entrada USB) etcétera e tal. E assim (só assim), permita-se esse prazer.


MOUSSE DE ABACAXI PARA ONTEM
* 1 pacote de gelatina de abacaxi
* 1 caixinha de creme de leite
* 1 caixinha de leite condensado
* 1 xícara de água quente
* 1 xícara de suco de abacaxi (pode ser 1 pacotinho de suco diluído em 1 xícara de água ou o suco de verdade)

Dissolva a gelatina na água quente. Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até ficar homogêneo. Coloque em potinhos ou numa tigela grande e deixe na geladeira pelos menos umas 4 horas ou no congelador por mais ou menos uma hora, até que tome consistência.

Simples assim.

Um comentário:

RSG disse...

nao posso falar muito porque ainda to com agua na boca em lembrar da sobremesa... certamente é simples de fazer, mas pode causar uma catastrofe ao abrirem-se as comportas de Niagara Falls das papilas gustativas rsrsrsrsrsrsr

S E N S A C I O N A L !!!!!